Como evitar o superaquecimento e a desidratação do bebê?

Como Evitar o Superaquiecimento e Deistratação do Bebê

Você sabia que o bebê pode ficar superaquecido? 

Além do ambiente inadequado para o sono, o superaquecimento pode acabar levando o bebê a desidratação e é considerado um dos fatores que pode aumentar em até 70% as chances do bebê sofrer de Síndrome de Morte Súbita Infantil. 

Mas com alguns cuidados simples dá para identificar o superaquecimento do bebê e, o melhor: evitá-lo! Assim, você consegue manter o seu bebê confortável até na hora de dormir. Confira as dicas!


Quais são os sinais do superaquecimento?

Fazendo dez perguntinhas bem simples - e com um pouco de observação - você vai conseguir entender melhor se o seu bebê está apresentando sinais de superaquecimento. Preste bem a atenção aos sinais e em caso de dúvida, procure diminuir os riscos:

  1. Seu bebê apresenta bolinhas vermelhas nas bochechas, testa, cabeça, pescoço, pernas ou braços? 
  2. O cabelo ou a cabeça do bebê parecem estar molhados, como se fosse suor? 
  3. Seu bebê está transpirando excessivamente? 
  4. A respiração está ofegante sem motivo aparente? 
  5. Ele aparenta estar desconfortável ou inquieto, mesmo sem chorar, ou com apenas alguns resmungões? 
  6. Suas orelhas, nariz, mãos ou pés estão vermelhos, quentes e/ou úmidos? 
  7. O quarto está muito quente ou ficou pouco arejado durante um longo período de tempo? 
  8. Ele está vestindo muitas peças de roupa embora o clima não esteja tão frio? 
  9. Ele está enrolado em cobertores ou mantas muito quentes? 
  10. As bochechas estão rosadinhas demais? 

Caso a sua resposta para qualquer uma destas perguntar seja sim, seu bebê provavelmente está superaquecido. Ou seja, com a temperatura inadequada. 


Reverter o quadro é mais fácil do que parece: em cinco minutinhos e com bastante carinho o superaquecimento será amenizado e seu bebê estará mais confortável e longe de riscos :)

  1. Mantenha a temperatura ideal do quarto do bebê.

Embora cause a impressão de ser um pouco fresco demais, a temperatura adequada para o quarto do bebê gira em torno de 18 a 20 graus. Tente manter essa temperatura dentro do ambiente, utilizando ar-condicionado ou circuladores de ar, desde que não estejam direcionados ao bebê.

    2. Roupas: Quantas peças de roupa meu bebê precisa vestir para dormir?

Sempre leve em consideração a sua temperatura corporal antes de vestir o seu bebê. Se você está com um número grande de peças de roupas e o clima está frio, ou se você veste apenas peças leves e o clima está mais quente, seu bebê também acompanha algumas dessas sensações térmicas. Os pediatras americanos recomendam vestir o bebê com uma peça a mais do que você está vestindo. Clique aqui e veja como!


Seguindo estas recomendações seu bebê ficará seguro e longe de sofrer deste mal tão comum!

Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar este post e conferir os nossos materiais! :)