4 Benefícios (incríveis) de brincar ao ar livre.

Benefícios de brincar ar livre

Você lembra de todas as coisas que você aprendeu brincando no quintal da casa da sua avó? Ou das habilidades e aprendizagens, que hoje te servem, foram lições aprendidas correndo livremente no pátio, subindo em árvores ou andando de bicicleta pelo bairro?

Temos dificuldades de mensurar o quanto as atividades acima realmente contribuem para o desenvolvimento saudável do indivíduo.

Tratamos a infância, que nossa geração teve o privilégio de vivenciar, como águas passadas que evoluíram naturalmente para atividades que cultivam com mais precisão as competências e capacidades das crianças.


A praticidade e o medo infelizmente tomaram conta, e hoje, nossos filhos, se encontram limitados a experimentar o mundo por trás de quatro paredes, por trás de telas, ou nos limites de ambientes planejados que prometem extrair deles "seu verdadeiro potencial".

Esta circunstância, causada por não termos mais acesso a espaços seguros ou por termos medo da criança não ser capaz de brincar sozinha, eliminou a possibilidade da existência de uma infância onde crianças são permitidas a voluntariamente experimentar as leis da gravidade, e assim aprender a cair.

De se frustrar para solucionar problemas simples como, carregar areia com as mãos, mesmo ela escorrendo entre os dedos. 

Ou trabalhar em equipe, negociando suas vontades entre amigos ou irmãos, para finalmente construir uma casa na árvore.

Todas, aprendizagens que se encontram a beira da extinção e são pobremente replicadas em atividades forçadas que proporcionam para criança somente uma certeza: de que o adulto é quem direciona como, onde e quando se pode brincar.


Sei que este post pode soar como um exageiro e que sem dúvidas existem atividades estruturadas que são benéficas para o desenvolvimento infantil, mas mesmo assim, surge a urgência de percebermos que estamos gravemente comprometendo a infância quando ignoramos a importância do ato simples de brincar ao ar livre!


Se você ainda precisa de convencimento, listei abaixo 4 benefícios (incríveis) de brincar ao ar livre:

1) Melhora o sono - ⅓ das crianças com idade escolar sofrem com privação de sono. A falta de sono já é considerada uma epidemia o que explicaria o aumento nos índices de obesidade, depressão, hiperatividade, problemas de comportamento e até uma diminuição do QI. Porém, estudos têm indicado que uma solução para desafios com o sono e a prevenção destes transtornos, é simples e exige pelo menos 2 horas do dia da exposição da criança a atividades ao ar-livre;

2) Potencializa o desenvolvimento do Cérebro - como mencionado acima a falta de sono pode resultar em uma diminuição de QI, o que por sua vez é afetado quando a criança não têm exposição a atividades ao ar-livre. Além disso, brincar em meio a natureza potencializa as habilidades cognitivas relacionadas a solução de problemas, criatividade, concentração e um aumento nas notas escolares;

3) Diminui os sintomas de hiperatividade - um estudo comparou períodos de foco de crianças que usavam Ritalina versus as que tinham passado algumas horas brincando em um parque e concluíram que os benefícios de brincar ao ar livre prevaleceram sobre o uso do medicamento quando o assunto era contornar sintomas de distúrbios como a Déficit de Atenção e Hiperatividade;

4) Previne o desenvolvimento de problemas de visão - estudos indicam que a probabilidade de uma criança desenvolver Miopia (ou enxergar objetos distantes) é maior do que em gerações passadas. Isso porque em atividades internas, nossos pequenos passam mais tempo focando em objetos próximos do que desenvolvendo todas as funções visuais adequadamente. 


Se você se importa com a perda das brincadeiras ao ar-livre procure alternativas e proporcione para o seu pequeno esta experiência única!

E ai? O que você está esperando para ir brincar com seu pequeno ao ar livre?